CRUZEIRO
 

(12) 3132-6287
(12) 3132-6288

Segunda a sexta das 09h às 18h00
 

 

DÚVIDAS (FAQ)

Seguro de Veículos - Preciso contratar a Cobertura de Danos a Terceiros?

Não há obrigatoriedade, na contratação, da cobertura de danos a terceiros (RCF), entretanto, é muito comum acidente envolvendo terceiros, e é extremamente importante que o seu seguro garanta o pagamento de indenização por danos causados a estas pessoas (danos materiais e danos corporais).

Seguro de Veículos - Qual é o valor mínimo para contratação da Cobertura de Danos a Terceiros?

O valor mínimo para contratação é de R$ 10.000,00 para Danos Materiais e R$ 10.000,00 para Danos Corporais.

Seguro de Veículos - A Cobertura de Danos a Terceiros inclui a Cobertura de Danos Morais?

Não. Você pode contratar cobertura de Danos Materiais e/ou Danos Corporais causados a terceiros, não incluindo a Cobertura de Danos Morais. A Bradesco Seguros trabalha com esta cobertura apenas para Frotas.

Seguro de Veículos - Caso eu venha a bater meu carro com o carro de um parente serei indenizado?

Sim, porém o seu parente não. As Condições Gerais do seu seguro prevêem que só é caracterizado terceiro a pessoa a quem, involuntariamente, o segurado cause prejuízo. Não se enquadram no conceito de terceiro: o motorista; o cônjuge ou companheira (o), filhos e seus cônjuges ou companheiros, sogros e seus cônjuges ou companheiros, cunhados, enteados e seus cônjuges ou companheiros, pais e seus cônjuges ou companheiros, irmãos e seus cônjuges ou companheiros, irmãos do cônjuge ou da(o) companheira (o) do segurado; as pessoas que residam ou dependam economicamente do segurado; os dirigentes do segurado pessoa jurídica; os dirigentes de pessoa jurídica do qual o segurado pessoa física for sócio ou acionista; os empregados e prepostos do segurado, quando a serviço dele; pessoas jurídicas, na figura dos sócios, proprietários e dirigentes com grau de parentesco com o segurado.

Seguro de Veículos - É necessário apresentar Boletim de Ocorrência para sinistros?

Atualmente, não é obrigatória a apresentação do Boletim de Ocorrência para os sinistros de colisão sem vítimas, porém, sempre que o segurado nos informa que o acidente foi registrado por autoridade policial, independentemente de ser uma Perda Parcial ou Indenização Integral, o documento é solicitado. Vale ressaltar que, nos casos de Indenização Integral, cujo acidente tenha ocorrido em Rodovia e desde que tenha sido confeccionado Boletim de Ocorrência, o mesmo deverá ser apresentado. Apesar de não ser obrigatória a apresentação, com este documento a seguradora proporciona maior agilidade na liquidação do Sinistro, já que, no Boletim de Ocorrência, além dos dados do segurado e do veículo, constam também informações sobre eventual terceiro envolvido no acidente. Para os casos de roubo/furto do veículo, é obrigatória a apresentação do Boletim de Ocorrência.

Seguro de Veículos - Sinistro envolvendo meu carro, quanto tempo para acionar a seguradora?

Primando pela excelência da avaliação dos danos e das circunstâncias que envolveram o sinistro, conforme Condições Gerais da Apólice, o aviso do acidente à Seguradora deve ser imediato, se possível, no mesmo dia do sinistro. Para reclamar sua pretensão junto à seguradora, o segurado tem o prazo de 01 ano contado a partir da ciência do sinistro ou, no caso de responsabilidade civil, a partir da data em que foi citado para responder à ação ou da data que pagou os prejuízos ao terceiro. Sendo que, o terceiro, tem o prazo de 03 anos para reclamar sua pretensão.

Seguro de Veículos - Como funciona o bônus?

O bônus é um desconto pessoal e transferível* dado na renovação da apólice se não houver utilização das garantias contratadas Se o segurado mudar de companhia seguradora, levará o bônus acumulado.

Seguro Residencial - Como saber o valor das Importâncias Seguradas que devo escolher?

Para escolher o valor das Importâncias Seguradas, o segurado deve ter em mente o valor total de reposição dos bens segurados. Ou seja, o custo de reconstrução do imóvel segurado (não levando em conta sua valorização imobiliária em função do local onde se encontra) mais o valor de reposição do seu conteúdo, devendo ser ressaltado que as Importâncias Seguradas representam os Limites Máximos de Indenização e não prévia fixação do valor dos bens segurados.

Seguro Residencial - Eu não sou o proprietário do imóvel, posso contratar o Seguro Residencial?

Sem problemas, o seguro irá amparar tanto os bens de sua propriedade quanto o prédio de propriedade de terceiros.

Seguro Residencial - Como funciona a cobertura de Perda ou Pagamento de Aluguel?

A cobertura destina-se a amparar o segurado, caso ocorra um sinistro coberto pelo bilhete, que impossibilite aos moradores continuarem residindo no local do seguro enquanto o imóvel não seja reparado. A indenização será paga mensalmente (por no máximo 6 meses, até o limite da Importância Segurada da cobertura correspondente) da seguinte forma : a) Reembolso do aluguel que vier a ser obrigado a pagar por alugar outro imóvel para residir, no caso de o segurado ser o proprietário do imóvel, ou no caso de ser inquilino e o contrato do imóvel segurado não ser rescindido. b) Reembolso do aluguel que deixar de receber, no caso de o segurado ser o proprietário do imóvel e este esteja alugado à terceiro.

Unidade Guaratinguetá - SP

Av. Doutor Carlos Rebello Junior, 458

Vila Paraiba 12515-300 Guaratinguetá SP Brasil

+55 12 3145 - 5855 / 3211-9245

 

Unidade Cruzeiro - SP

Avenida Capitão Neco, 307

Centro 12701-350 Cruzeiro - SP

+55 12 3145 - 5855 / 3211-9245

 

Unidade Taubaté - SP

Praça Dr. Monteiro, 7

12020-250 Taubaté - SP

+55 12 3426-9153